Valores que compõem o total da nota fiscal

Outro dia um colega pediu para que eu escrevesse um artigo some quais valores compõem o total da nota fiscal.

Embora possa existir algumas variações de um estado para outro,a legislação básica é semelhante em todos os estados.

**Artigo ajustado em 12/08/2011 de acordo com a Nota Técnica 2011/004.

Observação

Valores que compõem o valor total da nota fiscal.

Total do vNF (id:W16)  é o somatório de:

(+) vProd (id:W07)
(-) vDesc (id:W10)
(+) vST (id:W06)
(+) vFrete (id:W08)
(+) vSeg (id:W09)
(+) vOutro (id:W15)
(+) vII (id:W11)
(+) vIPI (id:W12)
(+) vServ (id:W18)
(=) Valor Total da Nota Fiscal

*ICMS ST destacado é aquele que foi calculado pelo fornecedor e destacado na nota fiscal. Se você calculou o ICMS apenas na entrada da mercadoria na sua UF, ele não compõem o total da nota fiscal.

** O frete é uma questão polêmica, mas se você for cobrar o frete do cliente, ele faz parte do total da nota. O problema deste item é o Sped permite que o frete seja destacado mas não calculado no total da nota fiscal. É estranho, mas o Sped deixa passar e não valida.

Uma parte interessante desta nova Nota Técnica 2011/004, é que ela determina que não seja deduzido as retenções de impostos (PIS, Cofins, IR, CSLL, INSS, ISS) do valor total da nota. Nesta caso, você deve deduzir o valor das retenções apenas no título(boleto, fatura ou oque você quiser chamar :D ).

Se você identificar algo faltante neste artigo, por favor me informe oque falta e a UF em que se aplica a regra

Jonatas Fischer
Analista de Sistemas
Academico de Ciências Contábeis na Universidade da Região de Joinville – UNIVILLE

26 Comments

  1. Alexandre :

    jun 19, 2011 23:46 |

    Legal cara!!

    Outra coisa, no SPED cada item do inventário deve possuir um valor unitário. Como é calculado esse valor? Custo Médio Ponderado? devo incluir frete, desconto e outras despesas neste custo?

    Obrigado

  2. admin :

    jun 20, 2011 8:57 |

    Boa questão. No manual do Sped não especifica nenhuma particularidade no campo. Diante disso, você pode colocar o custo baseado na forma de custeio que a empresa utiliza em suas escriturações.

    Jonatas Fischer

  3. Christiano :

    jun 27, 2011 15:32 |

    No caso de nota fiscal de importação com credito presumido do estado do PR, como fica o valor total da nota fiscal? Soma-se no total na nota fiscal, ja levando em conta o diferimento, o “icms devido” ou o “icms a recolher” (ja calculado o credito presumido)?
    agradeço muito a ajuda!

  4. admin :

    jun 28, 2011 8:12 |

    Olá Christiano.
    Crédito presumido se trata de crédito, e não de diferimento. A maneira correta de realizar esta operação é tributar a nota integralmente e depois em contra gráfica realizar o crédito presumido.

    Jonatas Fischer

  5. alexandre :

    ago 10, 2011 12:28 |

    Jonatas,

    O valor da Nota Fiscal Eletronica agora é obrigatoriamente:

    (+) vProd (id:W07)(-) vDesc (id:W10)(+) vST (id:W06)(+) vFrete (id:W08)(+) vSeg (id:W09)(+) vOutro (id:W15)(+) vII (id:W11)(+) vIPI (id:W12)(+) vServ (id:W18) ???????

    Pois já ouvi falar de casos que o valor da nota foge a essa regra. por exemplo, pis e cofins de importação somando ao total…e principalmente o que me gera dúvida: antigamente o valor do II era somado ao valor do item.. na NF-e ele sempre será destacado em separado??

  6. admin :

    ago 12, 2011 10:20 |

    Alexandre, você está certo.

    A Nota Técnica 2011/004, exclareceu muitas coisas que estavam obscuras para muitos.

    Vou escrever um artigo explicando como realizar o calculo de impostos de importação.
    Muito obrigado pela observação.

    Jonatas Fischer

  7. Eduardo :

    set 1, 2011 11:02 |

    Fala Alexandre,

    teve novidades sobre esse ponto? também fiquei na mesma dúvida.

  8. alexandre :

    set 9, 2011 9:08 |

    aguardo ansioso o artigo de importação!

  9. Elton :

    out 21, 2011 10:10 |

    Também estamos com a mesma dúvida. Existem algumas notas de importação que somam o valor de ICMS no total da nota. Ou seja, a partir de 01/Nov estas notas serão rejeitadas. Como proceder nesse caso?

  10. admin :

    nov 23, 2011 9:35 |

    Vamos esperar… o governo está mudando várias coisas ainda sobre isso.
    tem outras operações que tmbém não vão funcionar com a aplicação desta regra.

    Jonatas Fischer

  11. isabel :

    jan 27, 2012 20:35 |

    como fica o contribuinte substituído qdo devolve mercadorias de compra de um substituto, atualmente a informação de st está em dados adicionais, apenas para anulação desse imposto; com a nota técnica esse valor nos dados adicionais compondo o valor total da nf será rejeitado?

  12. jonatas :

    fev 1, 2012 17:56 |

    Toda nota fiscal de devolução deve ser a cópia identica da nota fiscal de entrada de mercadoria. Embora esta regra pode ser mudada pela UF de destino da mercadoria.

  13. Camila Manhas :

    fev 28, 2012 12:24 |

    Bom dia Jonatas!
    sobre os valores que compõe uma nota de entrada, em qual situação o ICMS agrega no valor total, me disseram que em alguns casos de importação. procede? se sim existe uma regra?

    grata desde já

  14. Camila Manhas :

    fev 28, 2012 12:26 |

    Olá Jonatas, acabei não perguntando na questão anterior, dentro desses valores citados, que compõem o Total da nota, o que é vII?

    Perdoe-me se as perguntas são primárias, essa área me confunde muito, abraços

  15. jonatas :

    mar 26, 2012 20:34 |

    Camila

    ICMS ST não incide na operação de importação. Muitos fazem isso, mas o importador se equipara a fabricante, logo, apenas incidirá ST quando o importador realizar a saida da mercadoria.

    Att.

    Jonatas Fischer

  16. jonatas :

    mar 26, 2012 20:35 |

    Camila, II é Imposto de Importação. É uma imposto de proteção do mercado interno.

    Att.

    Jonatas Fischer

  17. Eliane Zakka :

    abr 19, 2012 19:17 |

    Gostaria de ter uma colinha para poder fazer notas fiscal na empresa com cada valor a ser cobrado na nota fiscal, e de que valor a que valor se cobra os encargos.

  18. jose leme :

    abr 24, 2012 22:01 |

    Boa noite, tenho a seguinte questão:
    Em qual lei ou decreto, e em qual artigo e/ou parágrafo desta lei ou decreto, a legislação que trata a substituição tributária antecipada, informa que no valor total da nota fiscal não deve ser incluído o valor da substituição tributária, quando esta foi paga na entrada do produto e esta venda ocorre no município de São Paulo.
    Conforme informado em seu comentário: *ICMS ST destacado é aquele que foi calculado pelo fornecedor e destacado na nota fiscal. Se você calculou o ICMS apenas na entrada da mercadoria na sua UF, ele não compõem o total da nota fiscal.

  19. ELIANE :

    mai 11, 2012 11:45 |

    Estamos com um probleminha de fiscalização e gostaria de saber qual a diferença de destaque do icms dos dados adicionais p/ os campos correto por gentileza… URGENTE.

  20. Manoel :

    jun 13, 2012 17:53 |

    Boa tarde Fischer
    E quanto ao artigo de importação, você já o escreveu?

  21. Mauro Lima :

    jul 16, 2012 16:01 |

    Tenho uma dúvida: Uma fabrica optante pelo simples nacional que cobra de seus clientes em sua NFE o valor do FRETE. Sendo assim na hora de calcular o DAS, devo levar em consideração o frete imbutido na NFE ?

  22. jonatas :

    jul 18, 2012 12:02 |

    Sim com certeza, o valor do frete deve ser rateado na base de calculo dos produtos e tributado conforme a tributação dos produtos.

  23. Emanuelly Oliveira :

    jul 24, 2012 11:34 |

    Acabo de descobrir este blog e acredito que não ha melhor lugar para discutir sobre estes assuntos.

  24. jonatas :

    jul 26, 2012 0:09 |

    tá bravo… :D já peguei ele na mão algumas vezes mas não consegui publicar

  25. jonatas :

    jul 26, 2012 1:06 |

    José, acho que estamos dalando da mesma coisa, mas não estamos nos entendendo.
    Quando eu disse que não compôem o total da nota fiscal quero dizer que o ICMS retido anteriormente não compõem o total da nota fiscal de saida quando em saida por CST 60.
    Estamos falando da mesma coisa?

  26. jonatas :

    jul 26, 2012 14:10 |

    A diferença é que deve-se obedecer as regras do regulameto de sua UF. Se você tem que destacar, você tem que colocar como observação você coloca. Cada caso é um caso.